Músicas, Seriedades, Burridades e Coisas Ogonorantes.

Um blog para quem não tem nada para fazer. Para pessoas que vieram do nada e hoje não tem porra nenhuma.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Mais quem quer.


Bastou abrir as inscrições que lotou o primeiro Curso e Treinamento de Violência Sexual. A instrutora saiu bastante avariada, e não se sabe se terá condições de ministrar o módulo 2. Há quem diga que nem 10 cirurgias de perinho são suficientes para colocar no lugar os orifícios da moça.
P.S. Camilo essa sim que deve estar com o fudetório todo arroxiado.

De duas uma.

Ou vai mijar ou vai cagar. (Repara o tamanho da etiqueta do biquíni).

Premoni$$ão.

Estar por vir um escândalo daqueles enormes, pois agora ao invés de caixas e agências bancárias devem explodir um navio inteiro, e o cofre é imenso.

Quem agüenta?

Um avião cai em uma floresta e sobrevivem 3 pessoas, um indiano, um judeu e um argentino. Caminhando na floresta em busca de abrigo, encontram um pequena casa, onde pediram para passar a noite. O dono da casa aceitou, porém fez a seguinte ressalva: - Minha casa é muito pequena e só tenho condições de abrigar mais 2 pessoas, a outra terá que dormir no estábulo.
O indiano de pronto se ofereceu: - Eu dormirei no estábulo, sou indiano e hinduísta e necessito praticar o bem.
Passados 30 minutos ouve-se alguém batendo a porta da casa. Era o indiano que disse: - Não posso ficar no estábulo, lá tem uma vaca, e vaca é um animal sagrado no meu País e não posso dormir com um animal sagrado.
O judeu entendendo a cultura do indiano se ofereceu: - Eu dormirei no estábulo, pois desde Jesus somos um povo humilde e sem luxurias.
Após 30 minutos alguém bate a porta da casa, era o judeu alegando: - Não posso dormir no estábulo lá tem um porco, e nós judeus não podemos dormir com animais impuros.
Como estava na casa do sem jeito, o argentino “muy puton da vida” foi dormir no estábulo.
Decorridos alguns minutos, alguém bate a porta da casa. Era a vaca e o porco.
Sai dessa Onofre!

Mudança.

Nosso amigo Palotti já deixou Brasília rumo a Ribeirão Preto, levando sua mudança pesadíssima.

Esse PT, quem diria.

Quando se espera que o PT através de seus governantes no poder nacional dissesse NÃO a fusão do Pão de Açúcar com o Carrefour, evitando que o novo conglomerado controle mais de 30% do varejo nacional, o que é, sem dúvida, danoso a todos os consumidores, inclusive os de baixa renda, os homens de Lula e Dilma já sinalizaram positivamente para a fusão, colocando a disposição dos interessados, através do BNDES, a bagatela de R$ 4 bilhões a juros franciscanos para permitir o fechamento do negócio. Imagina se fosse um outro partido no governo, o Lula já tinha ido aos jornais taxar os governantes de inimigo do povo, que só governam para as elites, banqueiros e outros endinheirados que se refastelam nos governos do PT.

quarta-feira, 29 de junho de 2011

Apple um negócio da China.

Primeiro foi um chinesinho que trocou um dos rins por um Ipad. Agora é uma chinesinha que oferece a virgindade por Iphone. A partir desses fatos o governo Chinês fixou os preços desses equipamentos, para não haver mais avacalhação.
1 Ipod = 2 orelhas e 1 olho.
1 Iteclado = 1 mão.
1 Iteclado com Imouse = 2 mãos.
1 IMonitor = 2 olhos.
1 Ipad = 1 rim ou ½ fígado.
1 Iphone = 1 xiri ou 2 orelhas.
1 Macbook = 1 xiri e 2 boquetes.
1 IMac = 1 xiri, 3 boquetes e 1 cú.
1 MacDonald Feliz = 1 dedada.

Tentação. (by C.Delduque).

A Nestlé solicitou uma reunião com o Papa no Vaticano. Após receber a bênção do mesmo, o representante cochichou: - Vossa Santidade, nós temos uma oferta. A Nestlé está disposta a doar US$ 50 milhões à Igreja se Vossa Santidade mudar a frase da oração Pai Nosso, de “o pão nosso de cada dia nos dai hoje” para “o chocolate nosso de cada dia nos dai hoje”.
O Papa responde: - Isto é impossível. A oração é a palavra do Senhor e não pode ser mudada.
- Bem, diz o homem, nós já prevíamos sua relutância e, por isso, nós
aumentamos a oferta para US$ 100 milhões. Tudo o que pedimos é que se mude a frase de pão para chocolate.
Novamente o Papa responde:- Isto, meu filho, é impossível. A prece é a palavra de Deus e não pode ser mudada.
Finalmente, o homem da Nestlé diz: - Vossa Santidade, nós da Nestlé respeitamos vossa fé, mas nós temos uma oferta final: doaremos US$ 500 milhões para a Igreja Católica, simplesmente se a frase “o pão nosso de cada dia” for mudada para “o chocolate nosso de cada dia”. Por favor, pense nisso.
No dia seguinte, o Papa convoca o Colégio dos Cardeais e diz: - Tenho 2 notícias para dar, uma má e a outra boa. A boa notícia é que a Igreja vai receber uma doação de US$ 500 milhões.
- E a má notícia, Santidade? - pergunta um dos cardeais.
Responde o Papa:- Nós vamos rescindir o contrato com a Pullman.

Propaganda enganosa.


Há quem diga que o melhor cabo de aço do planeta são os cabos de aços da Cabaço. Eu tenho minhas dúvidas, pois até hoje só conheço um cabaço, digo cabo de aço, que não foi rompido, o que amarrava a túnica da Madre Teresa de Calcutá.

Videogame.

No Manhattan Connection que foi ao ar neste domingo o jornalista Pedro Andrade disse que estatísticas recentes apontam os adultos com 39 anos e mais, como os que mais jogam videogame na terra do Tio Sam, e que essa faixa de idade deve ser maior na Europa e no Japão. Disse ainda que isso reflete uma tendência mundial. Confesso a vocês que já me arrisquei a jogar algumas vezes videogame, e se vocês vissem minha cara iam cair no chão de tanto rir. Fica parecendo gordo mongolóide e debiloíde. Os olhos ficam esbugalhados, vesgos, tipo frita peixe olha pro gato, a língua pra fora, todo contorcido com o joystick na mão. Minha vontade é de processar minhas professoras do Jardim de Infância que não me ensinaram direito a usar tesourinha e ganhar coordenação motora. Nas condições atuais não vou ter infância, digo 3ª idade.

Duas bombas numa cajadada só.


Um bandido que vez por outra filava bóia da vítima de 65 anos, resolveu matar a velha para roubar uma bomba d’água, antes da maldade deu umas bombadas na coroa. Ao ser preso o bandido exclamou: - Essa velha é um estouro.

terça-feira, 28 de junho de 2011

O Grande Monumento Argentino.

Um brasileiro em viagem pela Argentina saiu para conhecer a cidade com um amigo argentino, que o levou ao famoso obelisco, um dos emblemas da cidade. Impressionado o brasileiro comentou: - Muito bonito esse monumento! E grande também. Enorme.
O argentino todo tufado pergunta: Você sabe em que modelo ele foi inspirado?
- Não faço idéia, algo tão enorme. – Responde o brasileiro.
- Foi no pênis de mi papai! – Diz o argentino com cara de malandro.
O brasileiro deu um sorriso sem graça, ficou mordido de raiva, mas deixou pra lá. No dia seguinte o argentino telefonou para o hotel do brasileiro e combinaram o encontro no mesmo local do obelisco. Quando o argentino chegou viu o brasileiro com mais 20 pessoas, todas de mãos dadas, circundando o obelisco.
- O que é isso? O que vocês estão fazendo? – Pergunta o curioso argentino.
E o brasileiro diz: Estamos tentando calcular o tamanho da xereca da tua mãe.

Acidente.


Emerson Fitippaldi quebrou o pé. Uma pequena meleca caiu sobre o pé do rapaz. O impacto causou a quebra do: Calcâneo, Tálus, Navicular, Cubóide, Cuneiforme Medial, Cuneiforme Intermédio (Médio) e Cuneiforme Lateral, Metatarso e as 14 falanges do pé.

Pat Metheny tocando Beatles.

O som do blog vai de And I Love Her (John Lennon & Paul McCartney), interpretada por Pat Metheny em seu ultimo disco What's It All About (Nonesuch - 2011).

Sentimento de culpa.

Certamente um japonês qualquer que tentou acender a luz na hora exata da explosão da bomba de Hiroshima deve ter ficado com um enorme sentimento de culpa, nos poucos segundos antes de morrer. Assim foi com a Velinha Ondina, com 92 anos, sentada em sua cadeira de rodas que passara a usar depois de ter quebrado a bacia, há 10 anos atrás. Vovó Ondina saiu de sua dieta habitual e comeu um pouquinho de feijãozinho com ovo, salada de repolho e purê de abóbora. Essa mistura provocou-lhe alguns solavancos no intestino. Inflada tentou liberar os gases que lhe admoestavam pelo orifício inferior, inclinou o corpo dolorido com muita dificuldade, fez algum esforço com seus músculos flácidos, e quando se ouviu alto e vibrante o silvo dos gases saindo, o edifício Real Class desaba. Ninguém sabe o que se passou na cabeça de Vovó Ondina, só o que caiu: uma laje. Deus a tenha. 

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Volúvel.

Até ontem antes do jogo o meu Paysandu era defensor intransigente da não divisão geográfica do Pará. Depois que perdeu o jogo, passou a defender a divisão do Estado, com isso o Independente de Tucuruí passaria a ser o primeiro campeão de Carajás, e o Paysandu passaria a ser campeão paraense. Esse papão ultimamente é só decepção. Luiz Omar pega teu navio e vai atrás do corpo do Bin Laden que é melhor.

Hackers e Celpa.

Ontem não teve blog em razão das represálias dos Hackers e da dona Celpa, que chegou as 6 da matina na Benjamin e desligou tudo, era um exército de caminhões e operários contra um só blogueiro. Os Hackers estavam p da vida pelo comentário que fiz sobre os dados da Dilma, e a Celpa fula da vida, pois de uns anos pra cá não pago as contas dela em dia.
Pra complicar ainda mais a minha vida, no fim da tarde me deram um choque elétrico de alta voltagem com a derrota do meu Paysandu.

Enquanto isso.

Meu Botafogo ganha do Grêmio e meu Timão meteu 5 nos bambis, que estão dizendo que só perderam feio, pois jogaram desfalcados e com 10 jogadores. O Rogério Ceni que antes fez até o 100º gol no Corinthians pagou com maldição, levou um frango histórico, talvez o 100º de sua carreira.

Descoberta na Benjamin.

Bem na frente da casa onde moraram meus avós e padrinhos, o Duciomar está cavando um buracão, com máquinas escavadeiras e o escambau. Pelo tamanho do buraco deduzo, considerando as teorias do Camilo, que deva ser mais uma tentativa de retirar aquela cobra enorme que mora embaixo de Belém. Pode ser que tirando só a cabeça da bicha pra fora, o Duciomar que está mais sujo que pau de galinheiro, consiga se eleger para Presidente do FMI. Esse cargo tem tudo que ele gosta: mentira, sujeira, camareira, dinheiro e muito agamenon.

Nota de pesar.

Neste final de semana morreu um dos homens púbicos que eu mais admirava o ex-ministro da educação Paulo Renato Souza. Tive oportunidade de quando estudante assistir uma palestra do homem, e mais tarde participei de um seminário onde ele era um dos expositores. O homem era bom demais. Infelizmente morreu de infarto fulminante, possivelmente em razão das barbáries que andam cometendo com nossa cultura, em particular com os livros didáticos oficiais.

sábado, 25 de junho de 2011

Piada burra # 53.

Um urso negro enorme buzina na campainha de uma residência familiar no Canadá, e é atendido por uma criança bonitinha, de olhos azuis, lourinha de 6 anos.
- Tua mãe está aí?
- Está...Mamãe, mamãe, mãe!
- Bom dia seu urso, o que você deseja?
- A Senhora tem uma xícara de sal aí?
- Pra quê um urso vai querer sal?
- A Senhora acha que eu vou comer essa criança insossa.

Piada burra # 52.

Um urso negro enorme aperta a campainha de uma casa de família nos Estados Unidos, e é atendido por um garotinho de 6 anos, bonitinho, negro com seu cachorro de pelos caramelados.
- Child vai chamar a tua mãe!
- Mamãe, mamãe, tem um ursão aqui que quer falar com a senhora.
- Bom dia seu ursão, já sei, você quer uma xícara de sal?
- Não, não. Esse menino está muito queimado, eu vou comer o cachorro que é docinho.

Privacidade.

Hackers invadem site do governo para pegar dados pessoais da Dilma e jogar bozó.

Boçalidades.


O Zé Love jogador mais azarado do Santos postou no twitter o seguinte:
Sinceramente, não é a toa que eu sou o jogador mais lindo do Brasil!”. Comparando com o Ronaldinho Gaúcho e o Sidny do Paysandu, tu não és o mais bonito do Brasil, tu és o mais lindo do mundo. Tua mãe e teu pai devem estar até hoje com remorso de ter posto um boçal deste no mundo. Além de tudo é muambeiro, olha o amontoado de garrafas de uísque do Paraguai. De que adianta ser lindo e cachaceiro.

Flamengo quer KY30 na Gávea.

A torcida dos urubus está fazendo petição, pois quer por quer o KY fator 30 na gávea. Não conseguimos apurar a razão do pedido, e se o fato tem alguma relação com a Parada Gay de SP.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Diário de um cinqüentão na academia.

Acabei de completar 56 anos. Minha mulher resolveu me presentear com uma semana de treinamento físico numa boa academia. Estou em excelente forma, mas achei boa idéia diminuir minha “barriguinha”. Fiz a reserva com a “personal trainner” Cida, instrutora de Aeróbica e modelo. Ela me pediu pra levar um diário e documentar meu progresso, que vem a seguir:

Segunda: Com muita dificuldade levantei-me ás 6 da manhã. O esforço valeu a pena. Cida parecia uma deusa grega: loira, olhos azuis, grande sorriso, lábios carnudos e corpo escultural. Inicialmente, Cida me fez um tour, mostrando os aparelhos. Comecei pela bicicleta. Ela me tomou o pulso, depois de 5 minutos e se alarmou, pois estava muito acelerado. Não era a bicicleta mas ela, vestida com uma malha de lycra coladinha. Desfrutei do exercício. Ela me motiva muito, apesar da dor na barriga, de tanto encolhê-la, toda vez que ela passava perto de mim.
Terça: Tomei café e fui para a academia. Cida estava mais linda que nunca. Comecei a levantar uma barra de metal. Logo ela se atreveu a por mais pesos!!! Minhas pernas estavam debilitadas, mas consegui completar uns 5 arranques. O sorriso arrebatador que Cida deu me convenceu de que todo exercício valeu a pena… era uma nova vida para mim.
Quarta: A única forma como consegui escovar os dentes, foi colocando a escova sobre a pia e movendo a cabeça para os lados. Dirigir também não foi fácil: esticar os braços para mudar as marchas era um esforço digno de Hércules, doía o peito, e minhas panturrilhas ardiam toda vez que pisava na embreagem. Fisicamente impossibilitado, achei justo estacionar meu carro na vaga para deficientes físicos. Cida hoje estava com a voz um pouco aguda a essas horas da manhã e quando gritava me incomodava muito. Meu corpo doeu inteiro quando ela me colocou uma cinta para fazer escalada. Porquê “catzo” alguém inventa um treco para se escalar quando há tempos já inventaram os elevadores? Cida me disse que isso me ajudaria a ficar em forma e desfrutar a vida… ou alguma outra dessas merdas de incentivos.
Quinta: Cheguei meia hora atrasado, foi o tempo que demorei para colocar os sapatos. Cida estava me esperando com seus odiosos dentes de vampiro escroto. A desgraçada me colocou para trabalhar com os pesos. Quando se distraiu, saí correndo e me escondi no banheiro. Mandou um outro treinador filha da puta me buscar e, como castigo, me pôs a trabalhar na máquina de remar… me fodi!
Sexta: Odeio a desgraçada da Cida. Estúpida, magra, anêmica, chata e feminista sem cérebro! Se houvesse uma parte do meu corpo que pudesse se mover sem uma dor angustiante, eu partiria no meio a vaca que pariu essa desgraçada xexelenta. Cida quis que eu trabalhasse meus tríceps… EU NEM SEI O QUE É ESSA PORRA DESSE TRÍCEPS, CACETA!!! E se não bastasse me colocou o peso nas pernas para fazer exercícios nas barras… Em seguida me jogou na bicicleta, desmaiei e acordei na cama de uma nutricionista, outra idiota com cara de mau comida que me deu uma catequese de alimentação saudável, claro.
Sábado: A lazarenta da Cida me deixou uma mensagem no celular com sua vozinha de lésbica assumida, perguntando por que eu não fui para academia. Só de escutar a vozinha me deu vontade de quebrar o celular, porém como não tinha força suficiente para levantá-lo, desisti. Adoraria passar o dia vendo TV jogado na cama, mas quem disse que conseguia apertar os botões do controle remoto.
Domingo: Pedi ao vizinho para ir a missa por mim agradecer ao bom Deus por essa semana que terminou. Também rezei para que o ano que vem minha mulher me presenteie com algo um pouco mais divertido, como um tratamento dentário de canal, um cateterismo ou até mesmo uns 10 exames de próstata no mesmo dia.

Revivendo uma antiga.

O Camilo foi para o leste europeu e nas suas andanças por lá ressuscitou uma piada velha que faz os países da cortina de ferro se borrarem de rir. 1, 2, 3 larga e já:
Em cidade no interior de Pernambuco, o delegado registrava a queixa de uma moça que se dizia deflorada pelo namorado. Na ausência de médico na cidade, pediu um laudo, por escrito, a uma parteira afamada na região para anexar ao processo. Eis o laudo proferido pela profissional:
"Eu, Maria Francisca da Conceição, parteira oficial do destrito de Jenipapo, declaro para o bem do meu ofício que, examinando os baixos fudeutórios de Maria das Mercedes, constatei manchas arrôxicadas na altura da críca, que
para mim, ou foi supapo de rola ou solavanco de pica. É verdade e dou fé."
A turma aqui do Condureba não estava lá pra registrar, mas quem viu disse que estava muito arrôxeado os baixos fudeutórios da moça. 

Paraíso dos Malvados.

O Paulinho me manda um email comprovando que é melhor ser bandido no Brasil. Enquanto o mocinho que enfrenta filas e desorganização para pegar transporte público deficiente as 5 da matina e chegar no horário ao trabalho pesado pra receber o salário mínimo de R$ 545,00 no final do mês. O Governo fixou através da Lei nº 333 de 1º de junho de 2010, a bagatela de R$ 810,18 como sendo o Salário Presidiário. Além disso, o malvado se tiver filho, vai ter direito a R$ 798,30 por rebento, se tiver 5 recebe a mixuruca de R$ 3.991,50 por mês. Alega o concedente dessas benesses, que embora o criminoso durante um assalto tenha estilhaçado os miolos de um pai de família com um tiro, retirado os intestinos da mulher do cara na frente dos filhos menores e ainda por cima ter comido a orelha do caçula, é um coitadinho que vai ficar preso sem liberdade. Dá dó de ver os bandidos sofrerem nesse País de mierda.


P.S. – Espero que filhos escroques desse País não leiam esse post, pois são capazes de mandar prender o pai.

Arturo Sandoval no som do blog.

Até domingo o trumpetista cubano Arturo Sandoval vai de Groovin High, composição de Dizzy Gillesppie. A interpretação está presente no disco de Sandoval, Danzon (GRP – 1995).

Conquista merecida.

O Santos de Muricy, Neymar, Ganso e Eluan ganhou como esperado a taça de campeão da Libertadores das Américas e vai nos proporcionar talvez o confronto mais desejado por todos aqueles que gostam do futebol arte: Santos x Barcelona. Certamente será um dos jogos mais bonitos de todos os tempos, pois são dois times jovens, de futebol moderno, de um lado: Messi, Iniesta, Xavi e Daniel Alves, e de outro: Ganso, Neymar e Muricy. Dito tudo isso lembro, aos dois times, que o futebol moderno nasceu no Santos de Pelé, que até hoje é considerado mundialmente como o time dos sonhos. Tenho certeza que tanto o Santos de Neymar como o Barcelona de Messi fariam bonito, porém sairiam derrotados para o time de Pelé num possível confronto.

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Picão para bebês.

Para tirar o amarelado do bebê nada melhor que um chá de picão. Tem branco e preto. Julgo que o branco deve ser para branquear a criança e preto para dar um tingimento afrodescendente no guri. Portanto mães de primeira viagem se o filho ficar amarelão mergulhe o pimpolho no picão. Aconselhamos tomar algumas precauções na hora da compra, verificar com extremo cuidado a procedência do picão, pois muitas famílias já foram lesadas e seus filhos hoje são organizadores de paradas gays.

Uma ova!

Ontem teve festa de São João na academia, e um de meus colegas de hidroginástica levou uma melancia inteira para os comes e bebes. A velharada que adora falar mal dos outros não gostou do mimo e começou a chamar o colega de pão duro, que retrucou na hora: - Pão duro uma ova, essa melancia custou R$ 250,00, já que tive que fazer tomografia computadorizada para saber se a bicha estava vermelhinha por dentro. 

Mais um Batistti.

Agora é a vez do pedófilo americano Kenneth Craig entrar na lista do STF. O homem estava sendo procurado pela justiça americana há 12 anos, e acharam o rapaz no Rio de Janeiro dando aulas de inglês, porém não pode voar para os esteites sem o consentimento do STF. Não sei qual será a decisão sobre o criminoso, contudo fico preocupado que o nosso Supremo passe a maior parte do tempo julgando processos de extradição, pois com toda certeza criminosos do mundo inteiro, a partir do caso Batistti, devem optar pelo Brasil como Paraíso dos Malvados. Nossa sorte é que teremos condições de conhecer várias celebridades, tipo: o garotinho Chuck do Brinquedo Assassino; o Leatherface do Massacre da Serra Elétrica; Freedy Kruger da Hora do Pesadelo; Jason de Sexta-Feira 13 e o Michael Myers de Haloween. Em compensação o Hildebrando Pascoal, Fernandinho Beira Mar e o goleiro Bruno estão pedindo para serem datilógrafos do livro do Cesare Batistti e ninguém da bola.

Peru mete 5 vezes no Flamengo.

Na segunda que passou o Flamengo foi escorraçado da Libertadores Sub-20, pegou de 5 x 1 do Alianza Lima. Já avisei que ainda virá muita desgraça por aí. Ou vocês pagam um salário condigno pro Ronaldinho ou vão continuar a levar umas patriçadas dessas. Manda o pagode aí Gaúcho, pois o clima está de velório.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Mais uma do peão.

Vai outra pesada do peão da Fazenda do Acará, que é chegado a uma sodomia. A turma da fazenda conta que ele arrumou uma negona de 20 palmos de altura e uma anca tipo bacia de borracharia. Mandou brasa no rego da fortona, que depois de alguns minutos começou a reclamar dizendo que estava ardendo, pegando fogo, que não agüentava mais. O peão viciado em anal reclamou: - ô mulher batendo fofo numa hora dessas.
Diz a cabrocha: - Tava ardendo pra porra, o que foi que passaste na pimba.
Responde o peão: - Esse tal de óleo de peroba.
A nega estrila: - Mas rapaz isso não serve pra isso.
Rebate o peão: - Está escrito aqui no vidro que isso é pro pau, acho que o cú está nessa história de enxerido.

Classificados

Liquidação de Muletas - Venha correndo! 

Parada SP 2011.

A parada gay de São Paulo deste ano vai ser muito glande.

Leiãozinho.

Decidido o leião agora vai ser Creche, jogadores agora só do Maternal até o Jardim II. O presodente Cabeça vai cuidar da cabeça das crianças, o Paulo Mota cuida da saúde dos meninos, pois é um craque em pediatria. Assim sendo, o sonho de trocar o Baenão por um Estrelão está quase se concretizando.

terça-feira, 21 de junho de 2011

Nova rotativa.

O blog está meio devagar por conta da nova rotativa que está sendo instalada. Quando aliviar a carga de trabalho tudo deve voltar a normalidade.

Adesivo no carro.

É mais quem prega adesivo na traseira do carro para registrar o tamanho e a felicidade das respectivas famílias. Para não ficar de fora dessa moda, a turma dos sábados da Sol já anda adesivando seus carros.

Meu Coringão já papou.

Enquanto o Santos sonha ainda em jogar com o Barcelona no final do ano para ser campeão mundial, o meu Corinthians já fez isso, meteu 2x1 nos catalões e papou o título do que será o futuro do futebol mundial (campeão mundial inter clubes sub-17).
Meu palpite: O Santos deve ganhar do Penarol e voltar a ser campeão da Libertadores depois de muitos anos. O Muricy, o Ganso, o Neymar e o Eluan merecem. Meu placar 2x1.

Reclamar de quê!

A gente reclama da morosidade do governo, da justiça, de nossos empregados e esquecemos que somos um exemplo de dinamismo. Na segunda então, num tem um na história desse País trabalhando de sol a pino. O cara evita até falar tem raiva de quem quer bater papo com ele, odeia celular e tudo que gere um esforço do cérebro para pensar. Dessa feita, para que possamos ter uma Copa do Mundo decente, sugiro acabar com a segunda-feira.

segunda-feira, 20 de junho de 2011

País do futebol.

Uma família de favelados pobres do Brasil adotou uma criança afegã mutilada pela guerra em seu País. Por conta desse gesto nobre, várias redes de televisão internacional vieram ao Brasil registrar o evento. Numa dessas entrevistas a reporte constatou o nível de extrema pobreza da família, e emocionada pelo fato da família ser pobre e ainda ter a coragem de adotar uma criança mutilada perguntou para a matriarca: - O menino afegão está se adaptando bem na nova família?
Responde a mãe: - Ele é a alegria aqui do morro, nesse momento está com os meus filhos jogando futebol.
A repórter questiona: - Mas como se ele não tem braços, pernas, parte do tronco é quase só cabeça.
Diz a mãe: - Ele é a bola.

Pechincha.

Com desconto de 100% vende-se o site de desconto Peixe Urbano. O Tá Safo está de graça. 

Tratamentos naturais.

A mulher deitada na cama, imóvel com toda aquela salada no rosto pergunta: - Amor, você não acha que a máscara de pepino que estou usando, realmente ajuda a melhorar a minha aparência?
- Certamente querida, eu só não entendo porque você insiste em tirá-la?

Luiz Eça no som do blog.

O grande pianista Luiz Eça, já falecido (1936-1992), vai sonorizar o blog de hoje até quinta-feira com sua belíssima canção Imagem (Luiz Eça e Aloysio de Oliveira). A interpretação é da dupla Oscar Castro Neves e Paul Winter, presente no disco Brazilian Days (Living Music - 1998).

Chance perdida.

Acredito que o efeito do Guaraviton ainda não ocorreu nos jogadores do meu Botafogo, pois ainda há muitos deles com verme, e ontem perderam a chance de ganhar dos urubus. O Ronaldinho Gaucho que fez toda sua preparação para o jogo na boate do Belo, mais uma vez demonstrou que faz juz ao que ganha.

Pra quê jogador.

O técnico do meu Paysandu depois do empate a duras penas obtido junto ao Independente de Tucuruí, já disse que no jogo em Belém deveremos vencer, pois aqui a torcida fará a diferença. Então pra quê jogador. 

domingo, 19 de junho de 2011

Congresso de Pescadores no Mosqueiro.

Neste final de semana a Ilha do Mosqueiro recepcionou o maior grupo de pescadores do mundo. Há quem diga que a passagem bíblica o Milagre dos Peixes, se deve a 1ª pescaria do grupo. O tema central do Congresso foi a discussão de quem deve produzir a série "Pescadores sem Caniços", se National Geografic ou Discovery. O Blog do Condureba conseguiu arrancar comentário do mais antigo pescador do grupo, que declarou: "Aqui ninguém tem paciência para pescar, 99,9% têm nojo de minhoca, 100% tem um pavor de peixe vivo  e mais de 100% só come bacalhau".


E.T. - O livro Sandálias do Pescador foi escrito para homenagear o Paulo Cal.

Cadê meu presente.

Manhã do Natal, o menino, de 8 anos, acorda e vai direto ver os presentes sob a árvore. Um a um vai lendo os nomes escritos nos pacotes: Esse é para o meu irmão, para minha irmã, para a minha avó, para mamãe, para o papai, para Tia Regina, para o Tio Alberto, para a Carla. Ué não tem presente pra mim! Corre para o quarto: Mamãe, mamãe acorde! o Papai Noel não trouxe presente pra mim.
Sonolenta a mãe responde: Menino, tu tens um tumor no cérebro, e ninguém imaginava que fosses durar até o Natal.

Assexuado.

Meu amigo Lelo logo que se formou em veterinária vive em várias fazendas no interior do estado, cuidando de bois, vacas, cavalos e outros quadrúpedes, e ontem aproveitei nosso encontro na Sol para abstrair uns causos vivenciados pelo Lelo nesse mundão. Ele me contou sobre um peão que trabalhava em uma fazenda do Acará, o homem era bom de trabalho mais tinha uma mania danada de comer cú, seja de quem for, homem, mulher, bicho, bicha e por aí vai. Aí o Lelo conheceu a família dele, esposa e filhos, e ficou intrigado com o vício do rapaz. Como pode um homem com família constituída se meter nessa aventura.
Curioso perguntou ao peão: - Rapaz tu não te envergonha não? Casado pai de família se metendo com outro homem.
Diz o peão: - Doutor, pica tem sexo, é homem. Xiri tem sexo, é mulher. Mas cú não tem sexo.   

sábado, 18 de junho de 2011

O dia em que fui expulso do Nazaré.

Estudei antes do ensino superior nos colégios Moderno e Universidade, jamais fui aluno do colégio Nazaré, onde estudavam meus primos e a maioria dos meus amigos. O Nazaré naquela época em que aconteceu o fato que estou narrando, tinha aulas aos sábados pela manhã, e nesse bendito sábado eu e meus amigos havíamos combinado alguma farra ou algazarra. Por conta disso fui até o Nazaré para encontrar com eles. Lá chegando alguns estavam em aula, e o Tonho meu primo que estudava em uma sala do andar térreo, próximo a quadra de esportes, estava tendo aula de química com o Barradas. Eu estava na janela da sala que dava para o pátio externo observando a aula. O Tonho que estava sentado próximo a janela pede que eu pegue uma pedra na área de recreação do colégio. Ingenuamente fui e peguei a pedra e entreguei pra ele. Após alguns minutos o professor Barradas vai até o quadro e escreve algumas fórmulas de química, nesse instante, a pedra que trouxera voa pela sala e acerta o quadro o Barradas se vira imediatamente para a turma e pergunta energicamente quem foi o engraçado que fez aquilo. De bate pronto, uns dez alunos da sala, inclusive o Tonho meu primo, apontaram o indicador na minha direção. O homem colérico chama o irmão Libório que me conduz até a diretoria do colégio. Lá chegando sou recepcionado pelo irmão Ricardo, vulgo irmão Peru, que recebe o relato do ocorrido e a prova do crime (a pedra), me finta dos pés a cabeça e declara: você está expulso do colégio, já pensou se esta pedra pega no professor. Como é o seu nome? Eu disse, assim como que não estudava no colégio. O homem ficou vermelho (daí o apelido Peru) e bradou: como ousas mentir, és sim aluno do colégio, portanto, estás expulso. Na segunda trás a tua mãe e a caderneta para registro de tua expulsão seu baderneiro. Bom e ficou por isso mesmo, eu na segunda fui para o colégio da Universidade, e não sei se o irmão Peru ficou me esperando.

Os bizarros e o gato.

Um sádico, um masoquista, um assassino, um necrófilo, um zoófilo e um piromaníaco estão sentado em um banco de jardim dentro do sanatório, sem saber como ocupar o tempo.
Diz o zoófilo: - E aí, vamos transar com o gato?
Então diz o sádico: - Vamos transar com o gato e depois torturá-lo!
E diz o assassino: - Vamos transar com o gato, torturá-lo e depois matá-lo!
O necrófilo em seguida fala: - Vamos transar com o gato, torturá-lo, matá-lo e depois transarmos de novo com ele morto!
Aí o piromaníaco se manifesta: - Vamos transar com o gato, torturá-lo, matá-lo, transarmos novamente com ele morto e atear-lhe fogo!
Segue-se um silêncio, todos olham para o masoquista e perguntam: - E ai?
E diz o masoquista: Miau! 

Filosofias da Copa no Brasil.

A pressa é inimiga da transparência e das empreiteiras.

E.T - Dilma começaste a pisar na bola. Deixa o Lula e o PT pra lá, faz o teu governo, lembra que o Badan disse, todo bandido tem ética.

sexta-feira, 17 de junho de 2011

De Gatinhas e Galinha.

Nos anos 70 minha turma costumava passar o mês de julho no Mosqueiro, precisamente na praia do Ariramba, acampado as proximidades do extinto Matapi. As tendas onde ficávamos alojado não eram essas bonitinhas compradas na Mesbla, eram tendas tipo do Exército, que para montarmos precisávamos devastar a natureza para obter forquilhas fortes e vigas mestras mais fortes ainda. A turma sempre presente nessas viagens de férias eram: Rui Santa Helena, Maisena, Zé Arcângelo, os irmãos Marcos e Ivan, Bam e Banzito, também irmãos, Paulo Barrica, Rui Cabeça, Tonho e eu. O Tonho para ser sincero ficava tirando uma de rico, pois ficava no bem-bom da casa do Tio Hermano e só ia para o acampamento beber, embora participasse da coleta. Eu também para não passar bicheira, pois só havia verba para a maldita em detrimento da alimentação, resolvi forçado pela mamãe, naquele ano, ficar alojado na casa de meu primo Neto, que ficava no Farol. Pois bem, a rotina no acampamento era a seguinte: acordar cedo tipo 10 horas, preparar a batida da fruta que tivesse, acordar o povo, beber, beber, beber. Sair porre paquerando as gatinhas do Ariramba. Por volta das 15 horas voltávamos para o acampamento, para beber, beber, beber, sair novamente porre procurando as gatinhas. Lá pelas 20 horas regressávamos para o acampamento e bebíamos, bebíamos, bebíamos para sair porre procurando as gatinhas, e finalmente por volta das 2 da matina chegávamos exausto no acampamento, tomávamos e saideira e dormíamos amontoados porres no chão, fora da barraca, no meio do vomito, sobre o formigueiro, onde houvesse um cantinho de chão. Conclusão era uma vida filha da puta. Passada a primeira semana das férias, minha Tia Cleide, dona da casa onde eu estava alojado no Farol, estava passeando de carro com minhas primas pelas praias do Mosqueiro, e ao passar pelo Ariramba, e pelo acampamento constatou que só havia faminto, ante a musculatura cadavérica do pessoal. No dia seguinte preocupada com a fragilidade da turma me chamou e fez doação de uma galinha, da granja do Titio em Santa Izabel, para saciarmos nossa fome. Fiquei muito emocionado pelo gesto generoso da Titia, e agradeci muito, pois tinha certeza que a minha turma ia ficar bastante feliz. Peguei um ônibus, juntamente com galinha, e zarpei para o acampamento. Lá chegando foi uma festa danada, a galinha foi recepcionada como Chefe de Estado e o melhor cômodo da barraca foi reservado a ela. Julguei que esse tratamento fosse para desestressar a fogosa, que seria devorada logo, logo. Bom nesse dia a rotina foi a habitual, e haja rama e vômito. Voltei para o meu nicho no Farol, passei uns 5 dias sem pisar no acampamento, pois achei sóbrio uma gatinha no Farol. Com saudades da galera, no sexto dia ausente, peguei o ônibus e me mandei para o Ariramba. Durante a viagem fiquei imaginando a turma mais saudável, após saciar a fome com uma galinha assada ou cozida com batatas. Ainda dentro do ônibus, vi de longe uma cena que jamais vou esquecer em vida. A galinha estava viva e amarrada a uma mangueirinha que ficava dentro do acampamento. Achei aquilo estranho, e ao mesmo tempo me deixou chateado, pois a turma não havia matado a fome com o presente dado. Bom, cheguei no acampamento e fui recebido pelo Rui Santa Helena. Perguntei de cara a razão da galinha estar viva amarrada na árvore. Ele me respondeu dizendo que a galinha era tão bonitinha, e que eles com pena não mataram a ave. Percebi também que a galinha tinha uma coleirinha de crochê, toda transada, e me foi dito que a coleirinha foi delicadamente confeccionada pelas nossas vizinhas, as tais gatinhas que paquerávamos. Para minha surpresa foi me dito ainda, que durante a tarde a turma não mais bebia como de costume, pois sagradamente levavam a galinha para passear. Imagina um cidadão porre levando uma galinha pela coleirinha para passear no Ariramba. Quando ia reclamar da insanidade da turma, me foi mostrado uma sacolinha com um kit da galinha. Nele havia um óculos escuro feito especialmente para a galinha, uma toalhinha bordada com seu nome “galinha”, um bronzeador solar e duas pedras com suas iniciais “GA”. Minha reação foi perguntar “Que diabos é isso?”. Eles me explicaram que pela manhã quando saiam porres atrás das gatinhas, levavam a galinha para praia. Lá chegando pegavam a galinha já de óculos, deitavam na toalhinha, passavam bronzeador e colocavam uma pedra em cada asa, para galinha ficar de peito pra cima pegando sol. Quase desmaio, como iria explicar isso para a Titia. Para finalizar, e quase ao final das férias, fui convidado para o enterro da galinha que morreu de gogo, tadinha.

Barriga é Barriga. (Arnaldo Jabour).

Barriga é barriga, peito é peito e tudo mais. Confesso que tive agradável surpresa ao ver Chico Anísio no programa do Jô, dizendo que o exercício físico é o primeiro passo para a morte. Depois de chamar a atenção para o fato de que raramente se conhece um atleta que tenha chegado aos 80 anos e citar personalidades longevas que nunca fizeram ginástica ou exercício - entre elas o jurista e jornalista Barbosa Lima Sobrinho - mas chegou à idade centenária, o humorista arrematou com um exemplo da fauna: A tartaruga com toda aquela lerdeza, vive 300 anos. Você conhece algum coelho que tenha vivido 15 anos?
Gostaria de contribuir com outro exemplo, o de Dorival Caymmi. O letrista compositor e intérprete baiano era conhecido como pai da preguiça. Passava 4/5 do dia deitado numa rede, bebendo, fumando e mastigando. Autêntico marcha-lenta, levava 10 segundos para percorrer um espaço de três metros. Pois mesmo assim e sem jamais ter feito exercício físico viveu 90 anos.
Conclusão: Esteira, caminhada, aeróbica, musculação, academia? Sai dessa enquanto você ainda tem saúde. E viva o sedentarismo ocioso!!! Não fique chateado se você passar a vida inteira gordo. Você terá toda a eternidade para ser só osso!!! Então: NÃO FAÇA MAIS DIETA!! Afinal, a baleia bebe só água, só come peixe, faz natação o dia inteiro, e é GORDA!!! O elefante só come verduras e é GORDOOOOOOOOO!


Bêbado porradeiro.

Um bêbado passava perto de um ponto de ônibus, quando de repente se depara com uma freira. Não esperou muito tempo e partiu pra porrada com ela. Depois de quase espancar a coitada, ele se levanta e diz pra ela:
- Pô... esperava mais de você, hein, Batman
?

quinta-feira, 16 de junho de 2011

Casa dos meus avós – lembrança # 1.

Do meu apartamento vejo todos os dias o monstrengo que um dos irmãos Machado transformou a casa de meus avós. Mesmo desfigurada sempre que a vejo bate uma saudade doída, pelas alegrias que ela me proporcionou. Era uma casa constantemente feliz, cheia de vida e risos, uma casa de congraçamento dos filhos da vovó Mímica e suas famílias. Era raro o final de semana que não estávamos lá reunidos. Num desses dias, minha avó, minha mãe e minhas tias estavam proseando no pátio de baixo de casa, enquanto que: eu, PP, Neto e Beto brincávamos de mocinho e bandido no pátio de cima. O tiroteio era incessante quando de repente alguém alveja o Beto. Para dar realismo a cena o homem vai até o marquise do pátio e despenca de costa no jardim da casa, era uma altura considerável, tipo 3 a 4 metros. Ao ver meu primo estatelado na grama, a turma do pátio de baixo corre para socorrê-lo: - Meu filho você se bateu? Estás passando bem? Quebraste alguma coisa?
Meu primo olha para os rostos nervosos de sua mãe, mamãe, vovó, minha madrinha, tia e diz: - Deixa a gente brincar, eu morri!
Esse é o Beto, meu primo de altas aventuras, que até hoje me chama de vaca. Colegaridades, um beijão, tu mora no meu coração.

Cachorro azulino.

Dois amigos estão conversando.
- Acho que meu cachorro é remista.
- Ah! Para com isso. Imagina que cachorro liga pra futebol.
- Tô te falando. Você precisa ver, toda vez que o remo perde ele se esconde na casinha e fica chorando. Quando o remo empata, ela vai para o fundo do quintal e não sai mais de lá. Fica todo sem graça.
- E quando o remo é campeão, o que ele faz?
- Não sei só tenho esse cachorro há 20 anos.

Santos x Penarol.

Não havia necessidade para tanto sofrimento. Bastava o Santos ter jogado ontem com seu uniforme bicolor (1912). O Penarol se borra de medo quando vê uma camisa alvi-azul.

A bossa de Lúcio Gregori.

O cantor Carlos Walker retorna a vida musical com um CD sensacional: Fio da Canção, onde interpreta canções de Lúcio Gregori (Independente - 2009). A música que pinçamos para sonorizar o blog de hoje até domingo é a canção Na Bossa da Tradição. Os arranjos são do talentoso maestro Laércio e Freitas.

Que nome?


Ou é Anta ou Mala, esse é o nome do novo Presidente do Peru (Ollanta Humala). Eu se fosse ele, extraditava meus pais para a Itália e pedia para ser adotado por outro casal, quem sabe não me dariam um nome mais bonitinho.

De padres e coroinhas.

O padre estava no confessionário, quando deu aquela vontade de ir ao banheiro. Como as confissões não podiam ser interrompidas, ele chamou uma freira que passava por ali para substituí-lo por alguns instantes.
Deixou com ela uma lista dos principais pecados e das penitências correspondentes.
A freira ficou alguns minutos e logo chega uma bichinha, que já foi  confessando: - Padre, eu pequei.
A freira engrossou a voz para se fazer passar pelo padre: - Qual foi o seu pecado filho?
A bichinha respondeu: - Eu dei o rabo, padre.
A freira procurou na lista e não encontrou nada sobre dar o rabo. Sem saber que penitência deveria dar, pediu licença e saiu à procura do padre.  No caminho, encontrou um coroinha e perguntou: - O que o padre dá para quem dá o rabo?
O coroinha respondeu: - Pra mim ele dá um pastel e uma coca.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Será que vai ter Guerra?

Os italianos estão porraqui com a gente. O Pato anda mandando ver na filha do Berlusconi e ainda por cima não extraditamos o Cesare Battisti. Imagina se fosse à época do Império Romano já estávamos todos acorrentados, talvez transformados em eunucos ou escravos da pior espécie. Eu com esse meu corpão no mínimo ia ser aproveitado no Coliseu, para uma carnificina com leões e tigres. Graças a Deus que Julio César já se foi, juntamente com Nero e outros malvados. A minha única preocupação é que mandaram chamar o embaixador deles de volta, se eles declararem guerra, sugiro estocarmos bastante catchup, pois o que vai voar de pizza e macarrão sobre nossas cabeças não está no gibi. Além disso, é rezar para não ser atingido por um daqueles queijão parmesão, que fazem um estrago doido.

Como se safar de jacaré no Pantanal.


Estamos em pleno verão e um dos locais mais aprazíveis para se conhecer no Brasil é o Pantanal, justamente aquela área lamacenta cheia de jacarés. Portanto se você pensa em curtir umas férias no Pantanal, todo cuidado é pouco com os jacarés. Nesse sentido sugerimos o seguinte kit para prevenir sua integridade física, naquele lindo local infestado de muriçocas e carapanãs gigantes. Antes de viajar para lá, vá até o Bazar Guiomar no Mosqueiro, caso esteja fechado, dê um pulinho na loja da estátua da liberdade e compre:
Uma cadeira de praia dessas bererés, pois certamente ela vai se perder naquele lamaçal.
Um guarda sol baratinho, desses que não combatem o câncer de pele.
Uma cesta grande de palha, para guardar as geringonças que você vai comprar.
Um dicionário grosso e pesado, com o maior número possível de letras, daquelas bem pequeninhas.
Uma sandália de pobre e de plástico para andar na lama.
Uma caixa de fósforo de 40 palitos.
Um óculos escuros desses que vendem no outeiro.
Um pote de goma arábica.
Uma pinça de sobrancelha.
Um binóculos potente.
De posse desse kit, pegue a cadeira, o guarda sol, os demais itens coloque tudo dentro da cesta de palha, se mande para o terminal se não vais perder o ônibus. Depois de dias a fio dentro do ônibus, com a privada até o talo de merda, o motora vai mandar tu descer, é o fim da linha. Enfim chegaste. Vais te deparar com aquele lamaçal e um lago enorme cheio de olhos pra fora, são os jacarés. Aí deves calçar tua chinela de pobre, colocar o óculos do Outeiro, pegar tuas tralhas e andar até ficar uns 200 metros da beira do jacaródromo.  Chegando nesse ponto arma a cadeira bererê e o guarda sol ao lado. Senta na cadeira e antes de mais nada pega a caixa de fósforo e começas a acender os palitos, tipo o Machico, para chamar atenção dos jacarés. Quando acenderes o último palito, guarda a caixa vazia na bolsa de palha. Pegas o dicionário e começas a ler. Os jacarés nessa hora devem estar curiosíssimos com a pirotecnia e com a tua audácia em sentar tão perto do jacaródromo. Como as letras do dicionário são miudinhas vai te dar sono, e quando caíres nos braços de Morfeu, o dicionário vai cair das tuas mãos naquela lama fazendo um barulho chamativo de jacaré, ou seja, vai fazer: pllloofffttt. Ao ouvir esse barulho o jacaré tem certeza que estás dormindo e se prepara para comer teu pé. Sai do jacaródromo e vai pé ante pé na tua direção. Ao se aproximar do local onde tu estás, o jacaré vai passar próximo ao dicionário e ficar curioso. O dicionário caiu aberto e o jacaré achou por bem ler algumas páginas antes de te devorar. Na terceira página, e novamente por conta das letrinhas, dá um sono doido no jacaré, fazendo o bicho cair de costa em sono profundo. A queda do bicho na lama fez um barulho, tipo: taaablleffe, que vai te acordar. Aí você toma um susto da porra vendo um bicho desconhecido virado, muito próximo ao seu pé. Ficará intrigado para saber de que se trata, pega o binóculos na cesta, olha bem pro animal e constata que é um enorme jacaré. Em seguida vire o binóculos ao contrário e verás um jacarezinho desses inofensivos, dormindo feito um anjinho. Pegue a goma arábica e deixe próximo de sua mão. Depois pegue a pinça de sobrancelha e a caixa de fósforo seca. Olhando pelo binóculos ao contrário pegue a pinça e pince o jacarezinho, coloque ele dentro da caixa de fósforo e feche, passe goma arábica e pronto, o jacaré vai estar preso, não morde mais e você pode curtir o Pantanal. Bom se outro jacaré vier atrás de você, não vai ter jeito, lembre-se que você não tem mais caixa de fósforo vazia.

Não sou túmulo.

Não gosto de guardar piada boa, nem que pra isso eu vá pro inferno e o diabo fique de mal comigo. Antes quero dizer que não fui eu quem disse isso. Bom, lá vai. Um conhecido nosso maníaco por cirurgias, só nessa encarnação já fez mais de 30, nos disse no sábado, que anestesista não é médico, pois eles só fazem dar injeção e sentar na cadeira da sala de cirurgia e dormir. Pra ele anestesista é uma profissão tipo: hipnotizador, contador de estórias de ninar, etc. Confesso a vocês que pelo preço contrataria um hipnotizador, contudo como minha idade já não permite arriscar, vou ficar com o contador de...mentira...vou ficar com vocês meus queridos anestesistas.
Em tempo: Essa piada foi feita para encher o saco de um amigo nosso que é anestesista dos bons, porém é raivinha que só.

Agora é o Camilo quem me manda um cartão postal.

De suas andanças pelo leste europeu, ele me conta uma história curiosa, talvez desconhecida de muita gente. O cartão vem da Hungria, e nele o Delduque escreve que: Buda, o fundador do budismo, é persona non grata na capital do País. Dizem que quando passou por lá, chegou com os intestinos estragados, e empestou a cidade, que até hoje não esquece o fedor, daí terem batizado a mesma de Budapest. Além disso, por conta disso o homem não se levanta até hoje, fica sentado o tempo todo para evitar outra empestação. Bacana viu Delduque, vou mandar emoldurar e enviar para a Seicho No Ie.

segunda-feira, 13 de junho de 2011

Manutenção.

Nesta terça feira estaremos fazendo manutenção no blog. Retornaremos normalmente na quarta. Agradecemos a atenção.

Ilusão de ótica.

Olhando rapidamente essa foto você de cara chamaria essa freirinha de santa. Mas se você olhar bem para a turma que vem a atrás, ela não passa de uma velha tarada.

Moda camping.

Duas amigas homens, tipo maricon, resolvem acampar na floresta. Como a noite estava muito quente, uma delas resolve dormir fora da barraca. Algumas horas depois aparece um jacaré enorme e devora a homenzinha que dormia fora da barraca.
Noutro dia pela manhã a que dormia na barraca, acorda e vê apenas os pés da amiga para fora da boca do jacaré.
- Menina tu é chique demais, adorei teu saco de dormir da Lacoste!!!


(Ufa! contar essa piada dá uma canseira, pois você não pode cometer atos homofóbicos).

Rabo de Nube.

De hoje até quinta a música do blog é Rabo de Nube, do compositor cubano Silvio Rodrigues. A interpretação instrumental é do genial baixista americano Charlie Haden e a The Liberation Music Orchestra. A gravação está presente no disco Dream Keeper, (Blue Note - 1990). Aprecie também a bela letra da canção de Silvio Rodrigues.
Rabo de Nube
Si me dijeran pide un deseo,
Preferiría un rabo de nube,
Un torbellino en el suelo
Y una gran ira que sube.
Un barredor de tristezas,
Un aguacero en venganza
Que cuando escampe parezca
Nuestra esperanza.
Si me dijeran pide un deseo,
Preferiría un rabo de nube,
Que se llevara lo feo
Y nos dejara el querube.
Un barredor de tristezas,
Un aguacero en venganza
Que cuando escampe parezca
Nuestra esperanza.


Brinque de procurar o Holly nesta segunda-feira.

Agora Vai.

No brasileirão do ano passado quase o meu Botinha chega entre os quatro e consegue uma vaga na Libertadores, ficamos em sexto. Este ano demonstrou no campeonato carioca que não teria desempenho semelhante, porém com os patrocínios que conseguiu até o momento acho que agora vai. O Guaraviton é uma poderosa bebida que combate vermes e aumenta as energias do corpo. O Havoline é um óleo que lubrifica, melhora o desempenho e aumenta a velocidade do motor. Por fim a João Forte como o próprio nome diz é Forte pra burro. Logo acho que vai ser neste ano que vamos galgar uma classificação expressiva, quem sabe o título.

domingo, 12 de junho de 2011

Dia dos Namorados sem diálogo.

O casalzinho resolve ir ao cinema e escolhem uma comédia, que de tão engraçada que era, faz com que um urinasse na mão do outro.

Dia dos Namorados com diálogo.

- Amor estou com seu chiclete na boca.
- Não é chiclete amor, eu estou super gripado.

E-Coli.

É mais quem escreve pro blog querendo saber o que é E-Coli, a bactéria que está matando na Europa. Caros leitores, E-Coli é uma caganeira que você pega por e-mail. Como a caganeira é intermitente, é preciso estancar o vazamento com pepinos espanhóis, e para o pepino não ficar frouxo, há de se calafetar com broto de feijão. Como o cú deixa de respirar você morre. Entenderam?

Cartão Postal para o Camilo.

Meu grande amigo Camilo foi conhecer a arquitetura européia, e para matar a ausência, mandei ontem um cartão postal pra ele. Como não sou de muita frescura, escrevi somente o que me interessa: “Camilo, estou pensando em ficar rico, vê pra mim quantas dedetizadoras tem em Praga.   

Estraga prazer.

Essa discussão aconteceu na academia e faz algum tempo. Um idoso ouvia atentamente a conversa de duas sexagenárias metidas a vira broto. Dizia uma para a outra: - Sabes que acharam os irmãos Novelino no fundo da Baia do Guajará.
- Cruz credo!
- Eu estou indo neste final de semana para o Mosqueiro, mas não vou comer camarão, siri e nem caranguejo, de jeito nenhum.
- Eu não como essas coisas. Só como peito de frango.
- Mas por que só comes frango.
- Frango não come gente.
Ai o idoso se mete na conversa e lasca.
- Experimenta jogar uma barata no galinheiro.
Foi café da manhã pra todo lado.

sábado, 11 de junho de 2011

A frase do ano.

O advogado Jefferson Badan, também com dois ff, que defende o marginal que assassinou o aluno da USP, declarou em rede nacional que “todo bandido tem ética, que toda profissão tem ética”. Ele disse todo e qualquer bandido e profissão, inclusive consultores, não-extraditados, políticos e salafrários. E olha que o Badan odeia uma Bandalheira.

Telepatia.

No mesmo dia, na mesma hora, dois homens estão em duas cidades muito diferentes. Um deles está em Nova York, atravessando entre dois edifícios de 40 andares, caminhando sobre um cabo de aço, ele é um equilibrista. O outro está no Rio de Janeiro, é um malandro com uma velha de 80 anos, banguela e sem dentadura, lhe fazendo sexo oral. Por telepatia um se comunica com o outro: Não posso olhar pra baixo! Não posso olhar pra baixo!

Quem é quem?


Essa foto da capa de um disco de Hebe Camargo era da época em que o arco Iris era preto e branco. Um doce para quem adivinhar o nome de todos os presentes na foto.

Da esquerda para direita: Celly e Tony Campello, Germano Mathias, Hebe Camargo, Pery Ribeiro, Osny Silva (sentado ao chão), Francisco Egydio, Isaura Garcia e Walter Wanderley.

Milagre num estalar de dedos.

- Seu Palocci peça um café, a empresa está no vermelho!
- Clac!
- Seu Palocci peça um chá, nossas vendas continuam caindo!
- Clac!
- Seu Palocci peça uma água com açúcar, nossa empresa está falindo!
- Clac!
- Seu Palocci peça um maço de velas, nossa empresa acaba de fechar as portas.
- Clac!
- Seu Palocci peça o que quiser, nossa empresa ganhou as concorrências do governo.