Músicas, Seriedades, Burridades e Coisas Ogonorantes.

Um blog para quem não tem nada para fazer. Para pessoas que vieram do nada e hoje não tem porra nenhuma.

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Ilações turísticas de Apolo.

Meu amigo João Sá, que brevemente deverá estar abrigando em seu escritório seu irmão mais alto, ligou intrigado com as ilações feitas pelo Roberto Sena, conhecido como Apolo dos Economistas, sobre o número de turistas que Belém receberá para o Círio. Disse o deus grego: Belém receberá 76 mil turistas, que deixarão para a cidade 76 milhões de dólares, já que cada turista vai gastar em média 1 mil dólares. Cabe salientar que a definição de Turista corresponde a todo aquele originário de cidades/estados distantes de Belém em pelo menos 60 quilômetros. Depois do dito o Jones começou a fazer umas contas e descobriu as seguintes curiosidades:
 1)  Admitindo os tais 60 quilômetros, um pescador de Algodoal é a mesma coisa que um Alemão, assim como o dólar do gringo equivale ao mesmo dólar do mentiroso de Algodoal. Logo, para que um morador de Algodoal gaste cerca de mil dólares no Círio, terá necessariamente que pescar 999.725 toneladas de peixe, fazer 8.672.956 travessias de maconheiros entre Marudá e Algodoal e transportar 45.789.543 vezes os embriagados nas carroças de burros.
            2) Em Belém, segundo contas da turma hoteleira, existem cerca de 10 mil leitos, assim 66 mil turistas ou ficarão acordados, dormirão em redes, ou cerca de 7 a 6 turistas dormirão na mesma cama.
    3)   Para que um Alemão ou Russo gaste mil dólares no Círio, ele tem que tomar 16 vezes o café da manhã, almoçar 14 vezes, merendar 36 vezes e jantar 19 vezes por dia, além de secar o frigobar umas 40 vezes. Com o troco ele deve comprar umas 500 cobras de miriti, 120 roque-roque e mandar fazer todos os músculos e ossos do corpo humano em cera.
    4)   Se desse total de turistas a metade deles (38 mil) chegarem de avião, há necessidade de cerca de 190 aeronaves jumbos chegando a todo instante em: val-de-cães, mangueirão, curuzu, baenão e na praça ferro de engomar.   
    5)   E o pior delas, 76 mil turistas se empanturrando de maniçoba, com toda certeza vão precisar de 76 mil banheiros para a caganeira internacional.
    Depois de tudo isso, chega-se a conclusão que cada turista gastou 999 dólares, portanto muito diferente do que o nosso economista Apolo prognosticou.

2 comentários:

  1. Tá bom, a camisa é minha mas me foi dada pelo Caito. Se alguém notar a bermuda, a meia e a sandália, encontrará as digitais RC, de Renato Conduru, mesmo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é que é. Mas a meinha não é minha.

      Excluir