Músicas, Seriedades, Burridades e Coisas Ogonorantes.

Um blog para quem não tem nada para fazer. Para pessoas que vieram do nada e hoje não tem porra nenhuma.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Em tempo.

Velho e memória é tipo árabe e judeu, se arengam o tempo todo. Hoje esqueci, até ainda pouco, que meu dileto e grande amigo João Sá está fazendo aniversário. Com sua índole de mão semi-aberta, muito provavelmente os comes e bebes será comemorado em Algodoal, cerca de 220 kilometros de distância de onde moran seus amigos preguiçosos. Com isso, a despesa cai sensivelmente, uma vez que são esperados para a festa somente os mais chegados: Janary, Zé Milton e Maçarico, todos velhos, proibidos de fazerem extravagâncias e liberados para se refastelarem em: bolachas Maria, leite, sopa e arroz de galinha básico (sem ervilha, batatinha, passas e o escambau). Devem também se fazer presentes, sob pena de serem excluidos da família, os irmãos desocupados Raul e Marco Aurélio, assim como, o tímido e humilde Maurício Lelis. A bebida vai ficar por conta de algum cliente caridoso que presentei o perdulário com pelo menos 1 garrafa de uisque. Assim como sou semi-inválido para esse tipo de farra, externo meus parabéns para o Johnatan, e que esse rega-bofe nos próximos muitos anos seja feito aqui em Belém, na ilharga dos anciões amigos.  .    

A Santa e os Periquitos.

Uma tradição iniciada em 1859 está fadada a extinção, pois somente agora se descobriu que a foguetaria mata alguns periquitos que habitam a samaumeira existente no Centro Arquitetônico de Nazaré. Em razão disso o Ministério Público está fazendo de tudo para proibir o evento. Embora defenda a preservação dos animais, questiono se somente os fogos do encerramento do Círio são responsáveis por essa tragédia. Será que a foguetaria que os pescadores, estivadores e outras categorias fazem no Boulevard Castilho França não ensurdecem os urubus (apesar de achar que todo urubu deve ser extinto). Por que não se defende também os milhares de patos, galinhas e chester que são afogados no tucupi e entopem nossos buchos. E os porcos e bovinos que cedem seus embutidos para as toneladas de maniçoba que invadem nossos lares. Isso sem falar nas bilhões de formigas, embuás e outros insetos rasteiros que são esmagados pelos milhares de pés que participam das procissões (vou pedir ao Sena para calcular melhor). Portanto, sugiro ao Ministério Público que acabe de uma vez por todas com o Círio e aguarde o castigo da Santa.

Perdemos.

Olha a razão de termos perdido o concurso de denominar o nome da bola da Copa de 2014 de Badalhoca (ganhou Tatu Bola). A porra do marqueteiro estragou a surpresa antes do evento. Filho duma égua imundo.

Tenho certeza.

Ontem estava passando em uma rua, olhei pra cima e fiquei com uma baita certeza que a Odete Cara de Osso estava em um dos apartamentos fudendo.

Marrento.

Esse escroto foi imitar o Anderson Silva e olha no que deu...
video

Graça alcançada.

O Edmilson queria tanto o 13, e não é que ganhou 13 pontos a menos.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Não foi bem assim. Foi assim!

A estória de Chapeuzinho Vermelho que ouvimos quando criança, não pode ter sido como nos foi contada. O mais certo deve ter sido assim.
O lobo mau adentra a casa da vovozinha e se aproxima da cama da velinha. A velha se depara depois de anos com um ser vivo macho, e lhe pergunta: - Pra que essa boca tão grande?
E como todos nós já estamos careca de saber, o lobo respondeu: - É pra te comer!
Aí a velha urrou de alegria: - OBA! Fuck me; fuck me...
É justamente nesta parte que ouvimos a estória errada, na versão mentirosa o lobo engolia a vovozinha, que não deu nem um pio. Paciência, tenham dó. Como pode uma velha morar numa floresta anos e anos, não estar desesperada atrás por uma bela rôla.
Bom para encerrar... depois do primeiro fuck, o Lobo retirou do bolso um vidrinho de azeite galo, passou na bela rola e passou o pau no cu da velha. E foram felizes para sempre... (Esse final já é fetiche da velinha).

Assim não dá.

O Camilo depois que votou resolveu aproveitar o feriado de ontem e zarpou com a família para Salinas. Passou o resto do domingo e a segunda jogando sinuca com o neto de 6 anos. Como o jogo era apostando, o Camilo depois de perder várias vezes para o neto resolveu trapacear.
 

Os números do Círio.

Meu amiguinho Nélio Palheta escreveu esse artigo sobre os números do Círio, que nosso Apolo do DIEESE propala com tanta firmeza.
Uma dúvida sobre os dois milhões de romeiros (Nélio Palheta).
Não há como contestar os dois milhões de pessoas do Círio, mas é preciso que a imprensa use uma das premissas indispensáveis ao bom jornalismo: o contraditório. Afinal, dois milhões de pessoas é um universo maior que a população da capital e quase todos os habitantes da Região Metropolitana.
A ser verdadeiro o número, implicaria o Círio arrebatar não só toda a população de Belém e mais a de Ananindeua, mas quase a totalidade dos demais municípios vizinhos. Que o Círio não congregue somente os romeiros de Belém e adjacências, mas perguntemos: quantos deles chegam de avião, ônibus, carro, a pé e de barco? Passada a euforia, esquecemos  que esses números carecem de mínima checagem para se confirmar o que se anunciou como previsão.
Não se trata de desqualificar o Círio como maior evento religioso do Brasil -  quiçá do mundo -  mas seria prudente dar mais veracidade a sua dimensão colossal. A empolgação das projeções, às vésperas da festa,  deixa no ar a inconsistência dos “números do Círio”.
Olhando do alto, vendo as fotos, estando na corda, é fácil estimar um número monumental, tão grandioso é o cortejo. O Círio enche-nos  de emoção, impregna nosso coração de religiosidade, inspira sentimentos fraternos, é verdade, Porém, a matemática  e sua irmã estatística são ciências exatas e podem levar a erros  se também forem recheadas de sentimento religioso.
Cada vez mais consciente da minha fé, essas considerações parecem absurdas. Reitero, entretanto, que a intenção é chamar atenção para a necessidade de se medir cientificamente o número de romeiros do Círio e demais eventos da festividade, visando confirmar a festa religiosa paraense  como a maior do mundo, efetivamente. Seria bom para a diretoria da Festa e para o próprio Dieese.
É inegável a expertise do órgão sindical em levantamentos e análises de indicadores econômicos, mas a comunidade católica (e não católica) tem o direito de conhecer os métodos utilizados no cálculo da multidão de devotos. Há de haver fórmulas, equações, matrizes, padrões matemáticos e estatísticos consagrados para esses cálculos além de simples extrapolações. Não seria plausível calcular quantas pessoas cabem por metro quadrado no percurso entre a Sé e a Basílica? Nas sacadas dos prédios do trajeto cabem quantos romeiros espectadores? Seria desejável estabelecer uma área padrão em cada esquina, algo como 50 metros adentrando cada transversal do cortejo para, assim, ser calculado o número de pessoas que assistem o Círio alojados em cerca de meia centena de esquinas; a esses romeiros somem-se os das arquibancadas da Praça da República, dos camarotes de empresas e órgãos públicos e os das janelas residenciais. Eis uma boa tarefa para acadêmicos de estatística, matemática, engenharia. É bom que se faça isso antes que  os números do Círio, agora uma pauta certa do noticiário que antecede o grande dia, sejam irreversíveis, mesmo sendo originados por método que se desconhece.
Se o Dieese não divulga-lo, esses  números continuarão saindo de uma conta inevitavelmente marcada pela empolgação que o Círio pressupõe. E pela dúvida.

Errou na dose.

O José Serra, que convenhamos já está virando um chato em eleições, perdeu as eleições em São Paulo, pois errou na dose. Quando teve oportunidade de se livrar de seu opositor não o fez.
Aí foi se apoiar no governador e se deu mal.

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Tomara que dure.

Aqui em frente de casa, no lugar onde funcionou a Padaria Gigante Negro, abriu a Ótica Olhare, segundo o porteiro do meu prédio ninguém fez ainda nenhuma compra por lá, o que era de se esperar, pois com esse nome a turma fica só a Olhare em vez de Comprare. Acho que faltou visão para a dona da ótica.

Novo tratamento de queimados.

Um homem sofreu graves queimaduras nas pernas e encontra-se numa maca do hospital, cheio de dores, com a pele completamente vermelha e cheia de bolhas.
O médico diz à enfermeira:
- Coloque-o no soro e dê-lhe um comprimido de Viagra a cada 8 horas.
- Mas, doutor… Viagra… Para quê?
- Para lhe manter os lençóis afastados das pernas.

Sobre pesquisas eleitorais.

Nas eleições municipais deste ano encerrada ontem, muitas pesquisas que foram divulgadas publicamente apresentaram resultados totalmente distinto daqueles revelados pelas urnas. Já se sabe que o eleitor neste ano se mostrou muito volúvel, deixando para decidir seu voto no último instante, o que em parte explica os erros de algumas pesquisas, como foi o caso de São Paulo no primeiro turno das eleições. Porém, muitas das pesquisas divulgadas com toda certeza foram manipuladas, na tentativa de induzir a mudança de voto, se valendo dessa volatilidade do eleitor. Aqui em Belém, neste segundo turno, se constatou claramente essa situação, onde os dois principais jornais apresentaram pesquisas com resultados totalmente distintos. Esse tipo de fraude é muito perigoso e pode comprometer sem sombra de dúvida uma eleição. A legislação eleitoral apesar de ter avançado no que diz respeito à divulgação de pesquisas eleitorais, não dispõe de mecanismos preventivos que iniba essa prática lesiva, devido a falta de capacitação técnica da instituição eleitoral para avaliar esse tipo de manipulação e punir os infratores, em tempo hábil. Por outro lado, os institutos de pesquisas que irresponsavelmente adotam essa conduta fomentam a perda de credibilidade das pesquisas, jogando na vala comum, também, àqueles institutos que adotam critérios éticos e responsáveis na elaboração de seus trabalhos. Para separar o joio do trigo, defendo a tese de que as pesquisas não deveriam ser divulgadas publicamente, deveriam servir tão somente para consumo interno dos candidatos, como instrumento balizador de suas campanhas e ações políticas. Entendo que dessa forma o próprio contratante de pesquisas faria a necessária assepsia do mercado, pois ninguém é burro para enganar a si mesmo.

Atenção.

O nosso amigo Aliverti adverte: Use azeite galo para prisão de ventre.

Papão e a série C.

Meu Paysandu se classificou a duras penas para a segunda fase, em 4º lugar. Vai enfrentar o primeiro colocado do outro grupo. Na minha modesta opinião, com esse time, era melhor ter ficado quieto, pois acho que serão duas cacetadas. Caso me desminta, e continue como está, com toda certeza vai passar vergonha na série B.

sábado, 27 de outubro de 2012

Dicas para o eleitor.

My people como amanhã não tem blog, mas tem eleição, vai aqui uma lista de candidatos (enviada pelo meu amigo Camilo) para que você atualize sua colinha e não perca tempo na hora de votar.
  EXCELENTE PEDIDA!
FIQUEI EM DÚVIDA!
ESTOU EM DÚVIDA? MAURO BUNDA, MARIA GOSTOSA, SEM SANGUE OU LUZIA DO TITANIC, QUE ME DESCULPE O PAI GAY E O WILSON DO SACO TORTO, PAI DO EDSON DO PAU TORTO E DO JOÃO CAGÃO!

Primeiros socorros.

Amigo se você é macho, engenheiro ou arquiteto, e está passando mal. Chame uma BOA enfermeira peça para ela fazer a famosa massagem cardíaca da Zurmira Solteira, levanta na hora.
E para aqueles que têm uma anta em casa, chame na hora do piti o Boca de Merda, que através da respiração boca a boca ressuscita até embuá esmagado.

Só pra você.

Para evitar que sua esposa ou namorada fique dando flagras inadequados justamente na hora que você está vendo mulheres nuas na internet, compre uma caixa de papelão e faça como o Zé do Palmo em Cima. Segundo ele com essa nova técnica você enxerga até chato em pentelho, sem precisar de óculos 3D.

Minha santa!

O cantor Zezé Di Camargo deu uma entrevista reveladora à revista "Sexy". Zezé contou que, quando tinha 22 anos, costumava frequentar cinemas pornôs do centro de São Paulo: “"Entrava lá duas horas da tarde e só saía às oito horas da noite. Naquela época não tinha o acesso pela internet que se tem hoje. Era no cinema que você via aquilo lá. É impressionante, só dava homem, não tinha uma mulher, só a do filme. Aprendi muita coisa lá!”. Tem pai que é cego!

Machões.

Para provar que todo engenheiro é macho, um amigo me mandou a foto da máquina de fazer caipirinha no ambiente de trabalho dos engenheiros.
Gostaria de esclarecer que nunca disse ao contrário. Acho que não só os engenheiros são machões, como os arquitetos também. O problema é que depois que ficam porres, a coisa endoida.

Carinhoso no som do blog.

Nesta semana pinçamos para o som do blog a canção de Pinxinguinha e João de Barro “Carinhoso”, interpretada lindamente pele excelente Ithamara Koorax. A gravação está no disco que Ithamara gravou em 2007 (Cedem) para homenagear a falecida cantora curitibana Stellinha Egg. Stellinha foi casada com o maestro Lindolfo Gaya, e foi parceira musical de Dorival Caymmi, Luiz Gonzaga, Silvio Caldas e outros.

Eleições 2012.

Faça chuva ou faça sol, amanhã vou votar para escolha do Prefeito de Belém, em seguida vou descansar, portanto, nada de blog.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Novo leilão da virgindade.

Para felicidade geral a Gata-rina que leiloou o cabaço por 1,5 milhão para um japironga, já está preparando novo leilão, pois além da deficiência de equipamento do arrematante, sabe-se que o nipônico resolveu consumar o ato nas alturas, dentro de um avião. Com aquele frio da porra, a piroquinha do japonês nem com encantador de serpente vai subir.

Cantor de banheiro.

Taí uma ideia supimpa para aqueles que adoram cantar no banheiro. Eu sou muito desafinado, mas gostaria de ter um dispositivo deste para treinar e melhorar o meu canto.

Trégua (by P. Andrade).

Associação dos homens comprometidos, a qual engloba namorados, noivos, casados, etc..., vem a público tentar diminuir a burocracia existente de forma constante no relacionamento homem-mulher, sendo este um problema de origem feminina em virtude da sua natureza de interpretações equivocadas e parte de um pseudo-complexo de inferioridade de si mesmas, quer dizer, nunca estão satisfeitas... deixa pra lá.
Sendo assim, objetivando economizar tempo, dinheiro, e evitar discussões inócuas e sem sentido, comunicamos o seguinte manifesto:
Queridas Mulheres...
1. Se você pensa que está gorda, é bem provável que você esteja certa. Não me pergunte, me negarei a responder;
2. Se você não se veste como as modelos de roupa íntima, não espere que eu me comporte como são os galãs das novelas;
3. Se você quer algo, precisa pedir. Deixemos isto claro: as indiretas sutis não funcionam. As indiretas diretas não funcionam. As indiretas muito óbvias também não funcionam. Diga as coisas tal como são;
4. Se você faz uma pergunta para a qual não quer resposta, não se zangue ao ouvir o que você não quer;
5. Às vezes não estou pensando em você. Nada está acontecendo. Por favor, acostume-se a isto. Não me pergunte no que estou pensando, a menos que você esteja pronta para falar de temas como política, economia, futebol ou carros esportivos;
6. Domingo é dia de churrasco, amigos e esportes na TV. É como a lua cheia ou a maré. Não pode ser evitado;
7. Ir às compras não é divertido, e nunca vou considerar dessa maneira;
8. Quando temos que ir a algum lugar, absolutamente qualquer coisa que você vestir está bom. DE VERDADE;
9. Você tem roupa suficiente. Você tem sapatos demais. O choro é chantagem;
10. A maioria dos homens têm três pares de sapatos. O que faz você pensar que eu sirvo para decidir qual dos TRINTA pares que você tem vai melhor com aquele vestido?
11. Simples SIM e NÃO são respostas perfeitamente aceitáveis para qualquer pergunta;
12. Venha a mim com um problema somente se você quiser ajuda para resolvê-lo. Para isto sirvo. Não me peça empatia como se eu fosse uma de tuas amigas.
13. Uma enxaqueca que dura 17 meses é um problema. Melhor ir ao médico;
14. Se algo que eu disse puder ser interpretado de várias formas e uma delas deixa você triste ou zangada, a minha intenção era dizer a outra;
15. TODOS nós homens vemos não mais do que 16 cores. O salmão é um peixe, não uma cor;
16. Onde eu tiver coceira, vou me coçar. Não importa quando, onde, nem na frente de quem;
17. A cerveja nos emociona tanto como as bolsas a vocês;
18. Se eu perguntar se está acontecendo algo e a tua resposta for "nada", minha reação será como se nada estivesse acontecendo;
19. Que diabos é cor fúcsia? E mais: como diabos se escreve?
20. Não me perguntes "Você me ama?" Tenha certeza de que se não te amasse não estaria com você.
Por favor, distribuam este manifesto para o maior número de mulheres possível, assim talvez entendam os homens de uma vez por todas. Distribuam também para todos os homens que conheçam, para que eles saibam que não estão sozinhos nesta luta. A luta continua companheiros.

Mea culpa.

Alguns dos integrantes do mensalão foram absolvidos, e antes que batam no peito para propalar que são inocentes, é preciso lembrar que foram condenados pela metade dos Ministros do Supremo, e só se beneficiaram deste indulto em razão do princípio constitucional de favorecimento dos réus. Assim devem carregar consigo, sempre, que participaram do maior escândalo de corrupção política da história brasileira, ter a consciência que são mensaleiros.
Por falar em mensalão, percebe-se nitidamente que há no colegiado de ministros do STF dois grupos com visões distintas sobre o esquema de corrupção política. Um, vergonhoso, com a carteirinha do PT nas mãos, outro com a esperança dos brasileiros na razão.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Sorriso do Mestre Sala.

Essa quem me contou foi o meu grande amigo Camilo Delduque. Carnaval de Belém, o Bosco Moisés presidia o Rancho Não Posso Me Amofiná. No dia do desfile aquele corre-corre no barracão. O Bosco checando todos os itens que pontuavam: Comissão de Frente, Bateria, Alegorias... Chamou o casal de Mestre Sala e Porta Bandeira para mostrar sua evolução e fantasia. O casal chegou ricamente fantasiado, começou a evoluir quando de repente o Mestre Sala abre um sorriso, o Bosco constatou que faltavam os dentes da frente. Mandou parar tudo. Chamar um dentista não resolveria o problema em tempo, a saída foi mandar fazer uma dentadura de isopor para o rapaz. Tacaram cola, lixa e os dentes do moço brilharam na avenida.  

Lama milagrosa.

A Ritinha com sua mania de beleza pagou uma boa grana para entrar no poço de lama rejuvenescedora do Gordofredo.